Grails = Groovy on Rails

Publicado em

Java é uma plataforma muito poderosa. Isto é fato. Mas quem falar que Java é produtivo está pedindo para ser internado. Ruby on Rails e outros frameworks derivados surgiram e vieram para acabar o trabalho repetitivo que temos ao escrever aplicações web. E eis que surge o Grails (que já se chamou Groovy on Rails).

Estou bastante interessado neste framework pois com ele podemos aproveitar todo o legado já escrito para Java. Pensei em JRuby mas estou vendo que Grails foi feito pensando em pessoas que trabalham com Java.

Java (a linguagem) nunca será produtiva como as linguagens DSL (Python, Ruby, Groovy). Mas a plataforma Java - JVM, os framework e APIs (Hibernate, JPA, JMS, etc) - tem tudo para tornar o trabalho mais fácil.

Para se ter idéia de como uma linguagem DSL é produtiva perante Java, imagine um simples programa que abre e lê um arquivo texto imprimindo as linhas. Quantas linhas de código você imagina que este programa teria em Java? Umas 10 linhas, certo. Em Groovy seriam somente duas linhas de código !!!!

Grails utiliza a linguagem Groovy e gera bytecodes Java para abrir o "mundão sem porteira" que nós Javeiros conhecemos tão bem.

O mais interessante é que já tem "gente grande" aqui no Brasil trabalhando com Grails - o portal IG.

Recomendo a todos que se interessam por desenvolvimento para web e mesmo o desenvolvimento coorporativo que iniciem seus estudos neste framework. Grails ainda vai dar muito o que falar.

Grails

Sobre o Blog do Neto

Blog do Neto é o espaço na internê onde eu publico tutoriais, dicas e novidades sobre programação - mais notavelment Android, Java e Linux.