Facebook investe pesado no PHP com "Hip Hop"

Publicado em

Para quem não sabe, o Facebook (rede social que vem crescendo bastante no Brasil) utiliza PHP para sua interface com usuário. Serviços de backend são implementados em outras linguaguens como Java, Erlang e Python.

PHP é uma linguagem para desenvolvimento web para qual muita gente torce o nariz. "PHP não escala", "PHP é uma droga - não é linguagem séria, é coisa para se fazer scripts" - é o que eu costumava ouvir.

Poucos sabem mas serviços Web2.0 como Flickr usam PHP e MySQL. A plataforma de blog mais utilizada e famosa do mundo - WordPress - roda em PHP e MySQL. Acho que não preciso falar mais nada, só parafrasear - "Linguagens não escalam, arquiteturas escalam".

Mas este post não é para ficar jogando confete no PHP. Como qualquer linguagem, PHP tem seus pontos fortes e fracos.

Voltando ao assunto, o Facebook construiu um "compilador" PHP chamado "Hip Hop". Na verdade, tecnicamente falando, "Hip Hop" não é um compilador e sim um conversor. Ele traduz o código PHP para um código C++ que por sua vez é compilado pelo G++. Como resultado, a utilização de CPU diminuiu em cerca de 50% ! Não se sabe quanto tempo este projeto levou para ser desenvolvido mas acredita-se que tenha levado 2 anos. E agora, o Facebook dá o código de presente para a comunidade.

Para quem se interessar no projeto "Hip Hop", o mesmo está disponível no GitHub.

Facebook

Sobre o Blog do Neto

Blog do Neto é o espaço na internê onde eu publico tutoriais, dicas e novidades sobre programação - mais notavelment Android, Java e Linux.